sábado, setembro 17, 2011

semana da mobilidade

Vias cortadas devido a múltiplas iniciativas relacionadas com a semana europeia da mobilidade, são o resultado de um evento que cada vez mais parece um disparate.
Não sou contra a utilização dos meios de transporte sustentáveis a nível ambiental, mas ano após ano esta "semana" parece contrariar cada vez mais com a ideia inicial.
Começa a ser irónico haver pessoas que todo o ano se fazem transportar de automóvel particular (muitas vezes em carros separados, de considerarmos um casal) para depois irem andar de bicicleta aos fins-de-semana, ou apenas no fim-de-semana da mobilidade.
Um dos eventos de hoje implica o corte da avenida marginal, o que me prejudica na deslocação casa-trabalho-casa obrigando-me a percorrer mais alguns quilómetros, consequentemente obriga-me a gastar mais combustível, queimando mais combustível necessariamente as emissões de CO serão superiores. Usando o meu exemplo podemos extrapolar para as restantes pessoas que garantem serviços que funcionam ao fim-de-semana (que à quantidade de centros comerciais e aos serviços de apoio ao cliente, o número só tende a aumentar) há uma quantidade considerável de pessoas que, por causa de um evento, vão ficar prejudicadas e prejudicar mais o ambiente.
O mais irónico poderá não ser esta situação, poderá ser o factor "um carro por pessoa" em conjunto com a tão aclamada falta de civismo ao volante! Basta fazer contas para se chegar a essa conclusão...
Enviar um comentário