quinta-feira, outubro 29, 2009

dia da mãe gata

Acabado o passeio com um bom resultado, encontrei a gata e os seus três meninos tigrados à porta do "gabinete" e disse-lhe "tenho aqui um miminho para ti" segurando a pequena ave imóvel frente ao seu nariz... cheirou-o avaliando o estado de conservação, devia estar "aceitável", pois num gesto rápido ferrou-lhe uma dentada e levou-o para o refúgio junto da descendência. Neste trabalho nada se perde, tudo se aproveita!

dia da caça

Mais um dia de passeio, mas desta vez o passeio tinha propósito, procurar armadilhas. Com uma boa dose de sorte dei com a primeira, nela estava preso um gaio que se debatia para libertar a cabeça que a mortífera armadilha teimava em prender. Agarrei-o com o máximo de cuidado possível, abri a armadilha lentamente com a mão livre, quem estava comigo avaliou a integridade do pescoço do gaio... o diagnóstico que inicialmente parecia ser desfavorável revelou-se errado quando o gaio tentou bicar, as mãos abriram-se e ele voou sem agradecer.
Para além desta encontrámos mais seis armadilhas das quais uma delas tinha cumprido o objectivo...

quarta-feira, outubro 28, 2009

dia do caçador

Um dia de passeio despreocupado acabou com o encontrar de sete costelas armadas para apanhar pássaros... como acto de retaliação do colocador das armadilhas, uma paragem de autocarro foi apedrejada... os responsáveis não foram apanhados.

terça-feira, outubro 27, 2009

lindo!

"Bem-vindo á BP"... sinceramente foi por muito pouco que não coloquei o cotovelo (in)delicadamente em cima daquele terminal de multibanco... só não o fiz porque entretanto me ocorreu que talvez o "programador" fosse apenas mais um leitor da imprensa diária e/ou dos rodapés dos noticiários... vai daí talvez fosse apenas fã de algum escritor conceituado e premiado...

sábado, outubro 24, 2009

paint a new world

maité proença

Ok, ela veio a Portugal fazer uma caricatura de mau gosto do povo Português, até compreendo a indignação, mas será necessário continuar, passada uma semana, a gastar papel de jornal e espaço em servidores na rede por causa de uma mulher que apenas conseguiu demonstrar publicamente que não tem cultura, que é mal formada e que é mal criada?

cronómetro

De bestial a besta em 3.5 segundos... mais rápido que um Porsche!

E tudo por causa de uma conversa sobre religião...

domingo, outubro 18, 2009

erro de impressão

Já não bastavam os erros banais na imprensa escrita, os erros na sinalética, os erros até nos carros de "policia", agora tive contacto com um erro de impressão deveras peculiar...
Fui a uma superfície comercial especializada em electrónica para comprar um desses cartões de memória minúsculos, e como a capacidade máxima admissível do aparelho onde o iria aplicar era 8 giga (são só 19 vezes mais que a capacidade de disco do primeiro computador que tive!), lá escolhi o que achei mais adequado (ok, admito, trouxe o mais barato), paguei e segui para casa. O passo seguinte seria colocar com a ajuda de uma pinça o dito minúsculo cartão numa não menos minúscula ranhura para o formatar. Formatado que estava, no relatório da operação... 2 giga de capacidade?! Onde raio se meteu o resto?!? E lá voltei eu à superfície comercial...
O empregado das trocas, primeiro tentou sorrir, depois percebeu que eu estava mesmo a falar a sério, aquele cartão que tinha um "8" impresso tinha apenas um quarto da capacidade que anunciava - É a primeira vez que vejo algo do género! - eu e a mania de ser o primeiro...

quarta-feira, outubro 14, 2009

puta da vaidade

Neste caso não falo da vaidade pura, daquela que advêm de momentos bons, de situações agradáveis entre amigos, não falo daquela que nos faz corar quando alguém repara e comenta num qualquer pormenor nosso, um dos pormenores em que fazemos "gala", não falo daquela vaidade adjacente às nossas coisas boas da vida, não, neste caso falo de uma outra vaidade, daquela que anda de mão dada com a estupidez pura de quem ostenta algo porque é um objecto da moda!
Contra mim falo que já tive diversos e que tantas vezes usei, e uso, objectos semelhantes por (quase) banalidades, mas nunca sem um propósito, nunca sem um princípio básico e uma razão de ser, sempre fiz por contrariar a banalização e o desvirtuar de algo com uma função muito própria e que pessoalmente considero bastante importante, no entanto, inúmeras foram as vezes que usaram esse mesmo objecto para comigo de forma estúpida e banal, de tal forma que me limitei ao silêncio tantas vezes quantas as que me importunaram com esse objecto que de forma tão estúpida insistiam em usar! Pois a noite passada, quis o destino que, algo acontecesse e, como seria de esperar, tivessem pegado no diabo do telemóvel e me dissessem que o velho tinha ido para o hospital a meio da noite com "uma forte dor no peito", mas não, o telemóvel serve para mandar mensagens de formigas, de corações, de abelhas e de mais uma infindável panóplia de merdas que não servem para nada, mas para, pelo menos, me avisarem que havia algo errado na família, não, isso é coisa demasiado séria e fora do real propósito de um telemóvel... que puta de estupidez!

segunda-feira, outubro 12, 2009

all i heard





And your voice was all i heard that i'd get what i deserve

sábado, outubro 10, 2009

comparação

Enquanto a minha anterior "casa" tinha um aspecto, diria, apresentável a nível de manutenção, uma boa dose de luz natural e um ar mais "leve" no geral, a minha "nova casa" é mais antiga, os edifícios aparentam não ter a manutenção devida, o aspecto é negrume, e o local onde passo a maioria do tempo praticamente não tem sol (para mim, o melhor que me podem dar é um dia de Sol no inverno...), resta agora saber como funcionam os serviços e como me desenvencilho (ou desenrasco, como vem na wikipedia) na minha estadia por ali...

sexta-feira, outubro 09, 2009

conselho

Não conduzir sexta-feira à noite qualquer veículo motorizado com cromados devidamente polidos... grande probabilidade de ser abordado pelos elementos de uma acção de fiscalização de uma força policial mais do que uma vez... em 15 minutos! Carros velhos... pois sim!

quinta-feira, outubro 08, 2009

teorema de Tales

Se duas rectas concorrentes interceptam duas rectas paralelas há proporcionalidade nos segmentos de recta delimitados pelos pontos de intercepção.

frase...

"Os falhados lá são os cromos aqui"

A ver vamos...

coincidência iii: e30

Engraçadinho... comigo nunca se nega a pegar...

quarta-feira, outubro 07, 2009

coincidência ii: o sujeito do blazer

Tive a sorte de ter alguém conhecido no local para onde pedi transferência... sempre evitei andar à procura das setas indicativas que, por sinal, não existem.
Indicou-me onde ficam os locais, incluindo onde se come e bebe até mais tarde, e aconselhou-me sobre que medidas tomar para que o resultado seja "o melhor possível"... vêm lá despesas!
18h30 entro numa sala bastante cheia... eu conheço-te! Deve ser moda mudar de ares na mesma direcção que o fiz.
Sou capaz de me dar bem por aqui...

coincidência i: pedido de transferência

A espera... como sempre foi até ali, esperar, e esperar, a porta da secretaria abriu e de forma ordeira foram entrando e tirando o ticket de vez. Tirei um sem sequer olhar para o dispensador, olhei para o quadro electrónico, sentei-me e olhei para o ticket que havia tirado... a minha vez é...

segunda-feira, outubro 05, 2009

se...

Se a fé fizesse alguma diferença, o acto de acreditar e desejar algo ou alguém com muita força, com toda a vontade que um ser humano possa eventualmente ter, ou até mais, se isso, se a fé, se a crença, se o desejo, se a simples "vontade de" fosse suficiente para que algo se concretizasse da forma à priori considerada correcta, certa, normal, ou até, porque não, simplesmente feliz, neste momento estaria de bem com alguém que amo (isto num sentido abrangente da palavra, não a limitando apenas ao sentimento adjacente a uma relação amorosa), se a fé, a crença, se o desejo, se a simples "vontade de" fosse suficiente, não estaria a escrever, não estaria a sentir que perco alguém importante, não estaria realmente a perder a atenção, o cuidado, o carinho, a sentimento de alguém que por diversas, e em tantas, situações foi capaz de me dirigir a palavra certa e certeira, alguém que na sua experiência, na sua sabedoria, no seu bem querer, me fez sempre sentir melhor, me fez sempre crescer, me tornou sempre melhor do que era antes, se a fé, se a crença, se o desejo, se a simples "vontade de" fosse suficiente... seria maior que o mundo!... só porque gosto de ti... puta que pariu as etiquetas e os rótulos!

domingo, outubro 04, 2009

Crença, ou o acto de acreditar em algo ou alguém.

sábado, outubro 03, 2009

disparate

Considerar todas as coincidências como sinais de alguma coisa que antecipam o resultado final.

sexta-feira, outubro 02, 2009

coincidência

Obra do acaso, uma conjugação aleatória de acontecimentos, muitas vezes confundido com o "sinal", e demasiadas vezes aceite pela humanidade como um "sinal" do que traz o futuro... balelas!

quinta-feira, outubro 01, 2009

sinal

Um sinal é uma informação gráfica ou simbólica. Essa informação pode ser apenas isso mesmo, apenas uma informação, ou pode ser uma informação limitativa do comportamento, isto é o caso em que a informação seja de proibição ou obrigação.