quinta-feira, novembro 22, 2007

céu vs inferno

Há toda uma paleta de piadas sobre o Céu e o Inferno... são tantas as piadas que, até já as fazem com a personagem do nosso primeiro. Mas não são as piadas que me levam a pensar nisto, é o próprio conceito e a forma como é abordado. Ora vejamos...
O Céu todos sabem onde fica, ou seja, por cima das nossas cabeças... já o Inferno, em antagonismo ficará debaixo dos nossos pés... isto é um conceito empiricamente aceite desde tempos há muito passados (a pureza/perfeição acima das nossas cabeças, como algo inalcancável em vida, em contraposição com o impuro/desprezível que deve ser pisado afastando-o). Isto foi certamente uma ideia gerada antes de se saber que a Terra era redonda, pois actualmente sabemos que debaixo dos nossos pés, se fosse possível seguirmos em linha recta desde o ponto onde estamos, passando pelo centro da Terra e mantendo a direcção, chegaríamos ao outro lado da Terra... ora... se o outro lado da Terra está debaixo dos nossos pés... será aí o Inferno?
Mais! Por cima das cabeças das pessoas que estão do outro lado, encontramos... céu! E eis que uma nova questão se põe... se esse céu está por cima da cabeça dessas pessoas, e ao mesmo tempo debaixo dos nossos pés, será o nosso Inferno o Céu deles? E vice-versa? Ou será que podemos chegar à conclusão que o Céu é o Inferno?
Livra! Agora percebo o porquê do que fizeram ao Galileo... o homem pôs todas as religiões em cheque!
Enviar um comentário