terça-feira, janeiro 25, 2011

trabalhar sozinho

Monótono? Secante? Chato? Francamente o velho ditado "antes só que mal acompanhado" faz bem jus à realidade!
Tive que trabalhar sozinho, resultado de uma fórmula do acaso um tanto ou quanto duvidosa, em que, eu é que conduzia, eu é que abria e fechava as instalações, eu é que levava as aves para a clínica, eu é que preenchi a papelada referente à entrega das aves, e era ainda eu quem fazia as informações e as escalas ao computador (faltou receber as comunicações para fazer o pleno)... e foi o único dia até hoje em que não tive uma discussão com o meu subordinado, com o meu chefe de serviço, ou com o colega de ronda, porque simplesmente não havia nenhum que me pudesse torrar a cabeça de forma alguma. Só trabalho, nada de jornal da caserna!... Para equilibrar no resto do tempo em que não estava a fazer nenhuma destas coisas, estava capaz de morrer de tédio!
Enviar um comentário