quarta-feira, agosto 01, 2012

casamento vs amizade

Um casamento carece de votos e promessas, validadas num papel assinado por ambas as partes, com testemunhas e, claro está, na presença de alguém com poderes delegados por uma entidade superior, seja estatal ou divinal.
Uma amizade não tem contrato, não inviabiliza outras amizades, e se as amizades se juntarem todas, ninguém irá descriminar ou achar que os intervenientes têm um comportamento fora do "natural". Não há necessidade de demonstrar sentimentos, não há necessidade de estar sempre presente... basta estar lá às vezes, nem que seja ao telefone a saber se "está tudo bem (dentro dos possíveis)".
Por vezes, pontualmente nas amizades, ouve-se alguém dizer "vocês estão sempre comigo", quando todos sabemos que isso é mentira. Nenhum de nós está sempre com ele. Estivemos muitas vezes presentes enquanto trabalha, estivemos presentes quando casou, estivemos também presentes quando a sua filha nasceu e... estávamos agora ali, quando se despedia do seu pai... mas era mentira, nós não estamos sempre presentes, só estamos às vezes, "as vezes".

Enviar um comentário