sábado, fevereiro 28, 2009

teoria da escova de dentes

Objecto indispensável de todos os dias é também uma compania insubstituível nas viagens. Pessoal e intransmissível, qual título de transporte, está sempre presente nos fins-de-semana longe de casa.
Há já algum tempo que tenho, no local de destino mais usual, uma à minha espera para evitar esquecimentos e aquisições de emergência, coisa que nunca me aconteceu... até agora!
Afastei-me da rotina por dois dias e no regresso... a dita ficou lá... esquecida, dentro de um tão típico copo de pástico, junta, agarradinha, a uma outra escova de dentes verde...
Por agora já não posso propor "Queres juntar as escovas de dentes comigo?", pois a escova antecipou-se ao dono... talvez ela, a minha escova, queira juntar proprietários com a tal escova verde.
Enviar um comentário