quarta-feira, março 27, 2013

a guerra dos comprimentos de onda

O vermelho e o laranja contra o verde e amarelo, que é como quem diz a parceria Continente/Galp e a Pingo Doce/BP... agora, ambos prometem descontos em combustível, mas será que há alguma vantagem?

No caso do Continente e da Galp, é necessário fazer compras no continente em valor superior a 30€ de forma a receber um talão para apresentar num posto da Galp aderente e receber 10 cêntimos por cada litro mediante que não ponha mais do que 60 litros e, de acordo com a informação passada no início da campanha (apesar da omissão na página), não abasteça GPL.
Os talões emitidos pelo Continente e que têm que ser apresentados no posto da Galp juntamente com o cartão Continente têm uma duração de 21 dias e são válidos apenas e só para o cartão Continente apresentado aquando das compras no hipermercado.

Olhando para o novo cartão do Pingo Doce que dá descontos na BP, a despesa mínima no supermercado são os mesmos 30€ sobre os quais são atribuídos 2€ no cartão com a validade de dois meses podendo ser descontados em abastecimentos superiores a 12 litros (lá ficam prejudicados uma boa parte dos motociclistas) e com a possibilidade de poder usar vários descontos do mesmo tipo, ou seja, se tiver efectuado compras mais que uma vez no supermercado nas quais teve direito ao valor a acumular no cartão, pode usar todos num único abastecimento de combustível.

Qual o melhor? Nenhum!
Num modelo teórico onde se aproveitassem ambos os descontos ao máximo, o resultado final é um "empate técnico". 
A diferença, na realidade, é limitada às diferenças de preço praticadas quer nos produtos dos hipermercados quer nas gasolineiras... nada melhor que continuar a comparar preços antes de comprar, quer no supermercado quer nos combustíveis.
Enviar um comentário