domingo, junho 22, 2014

plágio?! sim, por favor!

Dar o nome Plágio a uma banda pode não parecer original, por pouco chamavam-lhe cópia  ou backup, mas não, optaram por plágio... o que acaba por baralhar porque há partes que não são plagiadas... senão eram decalques... ou réplicas! 
Fugindo ao "copy-paste", os Plágio conseguiram o feito de ter a única versão que conheço do "don't stop me now" dos Queen cantado por uma voz feminina e que continua a soar bem!
O vídeo da gravação em estúdio não faz justiça à versão live de sábado à noite.
Enviar um comentário