sábado, janeiro 19, 2008

coisas de marte

Afinal sempre há água e vida em marte!

Tempos agitados e conversas interligadas e intercruzadas... tectos de vidro e gargalhadas sobre cavalos.

Numa praia perto de si... ou pelo menos, no centro do mundo.
Enviar um comentário