terça-feira, março 04, 2008

velhos do restelo i

É natural ao ser humano ter uma quase aversão à mudança, seja ela para melhor ou para pior, há sempre resistência, um prazo de adaptação mais ou menos longo, e um constante olhar com nostalgia para o que ficou no passado... é sobre essa aversão à mudança que falo hoje.
Alguém se lembrou de mudar a localização dos serviços de saúde. As anteriores instalações pecavam essencialmente pela falta de espaço, pela difícil rentabilização do espaço disponível, e, por incrível que possa parecer, pela localização "demasiado" central.
Pois agora o edifício novo é grande, cheio de espaços, de design agradável, com café e papelaria no interior, com ecrã de plasma na parede para ajudar a passar o tempo, sem necessidade de subir e descer escadas para ir a uma casa-de-banho, e também com muita luz natural. Eu francamente devo dizer que gostei das instalações... quanto ao serviço... bem... o serviço, visto que estão instalados na nova "morada" há dois dias, é natural que haja problemas, desde a rede informática do edifício fazer das suas, até à falta de conhecimento do próprio edifício gerando confusão nos corredores, passando pelos telefones que não param de tocar tornando impossível ter uma conversa informativa que tenha mais do que duas frases com a senhora da recepção... mas tudo isto é de esperar, e certamente que com algum tempo, tudo ficará perfeitamente funcional, e mais funcional que o "antigamente".
Enviar um comentário